Telefones (11) 4551-8052 | Plantão 24hrs   (11)99974-1177

Tratamento da Dependência Química

Tratamento da Dependência Química

Essas são exemplos de algumas das perguntas mais frequentemente realizadas por pessoas que se vêem imersas no problema do uso de drogas. Por sua vez, são realizadas não só por pessoas que estão diretamente inseridas no uso dessas substâncias propriamente ditas (e a partir daí, o seu consequente desencadear patológico), mas por pessoas próximas, parentes (pais, filhos esposas e etc.), bem como pela sociedade como um todo, visto que as drogas têm se constituído na atualidade, numa espécie de agente cancêr social mais amplo, o qual não deixa de ser diariamente noticiado nos tele-jornais. Tais perguntas denunciam de modo geral, a falta de conhecimento da população sobre o assunto, assim como, torna claro a carência sentida pela sociedade de uma política pública que venha de encontro ao esclarecimento mais amplo sobre o tema.

Frente a essas circunstância, as respostas nem sempre são facilmente obtidas, o que traz mais dificuldades para lidar com o problema, que apesar de obter uma maior divulgação nas paginas policiais, trata-se de um seríssimo caso de saúde publica.

O que é dependência química?

O atual modelo de assistência a saúde não privilegia nem o devido esclarecimento sobre o assunto, e tampouco lida com esta forma de adoecimento muito disseminada na nossa sociedade, e, é a partir deste panorama que grandes autores sobre esta questão, referem-se ao consumo de drogas como sendo um ato que tem em si, um caráter democrático, no sentido do alcance e predomínio entre os vários extratos sociais (as varias camadas sociais). A dependência química é uma doença, a qual já há desde 2001 alguns anos foi devidamente reconhecida pelas autoridades de saúde pública. A partir do seu reconhecimento enquanto entidade patológica, inclusive devidamente classificada no CID 10 (F19), ela passou a ter uma maior visibilidade. Consequentemente o enfrentamento desse problema também começou a mudar, visto que foi possível a partir dai pensar em formas, meios de tratar quem dessa enfermidade sofre, e não mais trancafiar, prender, colocar atrás das grades e outras formas igualmente penosas de tratar quem deste mal padece.

Existe tratamento?

Na atualidade a forma mais eficaz de tratar esta entidade patológica conta com múltiplos esforços, os quais versam em torno de tratamento psicológico, psiquiátrico, de enfermagem, nutricional recursos psico-educacionais (estes no sentido de pervera informação efeitos danosos a saúde como um todo, e principalmente, métodos que evitem e abandono do uso abusivo das substancias e etec.), bem como freqüência em entidades de mutua ajuda e apoio familiar. A reabilitação é possível, e a partir dela, vir a gozar de uma vida isenta do uso abusivo das drogas, consequentemente voltar a viver de forma produtiva e feliz em sociedade, assim como no seio familiar. Em uma proporção menor, mas real, temos vários relatos televisivos dando mostras de que a reabilitação é possível. Contudo em se tratando do uso abusivo do álcool, bem como das citadas substâncias químicas, a experiência vem demonstrando que o êxito em livrar-se da dependência existe, porém a partir da realização de um tratamento sério e competente no sentido do trabalhar maciçamente a questão do uso abusivo e suas varias consequências na vida dos sujeitos.

É possível se livrar das drogas?

Realizado o processo de reabilitação, doravante desintoxicado e, após certo tempo distantes dos abusos próprios do uso, já tendo em si trabalhado certos conteúdos psíquicos pertinentes ao uso, já devidamente munido de certos conhecimentos (referentes ao contexto da dependência química), técnicas e meios referentes à como manter-se abstinente, caberá ao próprio sujeito seguir cuidando de sim através dos cuidados próprios a manutenção de uma vida em abstinência.

Qual o caminho?

O ser humano, caracteriza-se por ser multifacetado, como não poderia deixa de ser, o abuso das drogas também segue este caráter, a partir daí, o enfrentamento se faz no sentido de se lidar com cada uma dessas faces que oferece formas variadas de experiências humanas. Por este motivo, nosso Modelo de Tratamento se faz a partir do enfrentamento das varias situações que envolvem o uso abusivo das substâncias químicas. E para tal embate, contamos com uma equipe multiprofissional a qual especializada e devidamente capacitada para lidar de forma eficaz com o adoecimento diretamente proveniente do uso abusivo das substâncias Químicas.

Blog/Video Institucional

 Notícias/Blog

Video Institucional

BENEFÍCIOS EXCLUSIVOS

Descontos para clientes conveniados dos principais planos de saúde

amil plano de saude para tratamento dependencia quimica
intermedica plano de saude para tratamento dependencia quimica
medial plano de saude para tratamento dependencia quimica
porto seguro saude plano de saude para tratamento dependencia quimica
sul america plano de saude para tratamento dependencia quimica
bradesco saude plano de saude para tratamento dependencia quimica

clinica de recuperacao em sp, clinica de dependentes quimicos,clinica drogas,tratamento involuntario, recuperação de drogados, clinica involuntaria, tratamento contra o crack, crack tratamento, tratamento de alcoolismo, clínica para alcoolatras, clinica de reabilitação em são paulo, clinicas de reabilitação, clinica de recuperação, internação involuntária, internação dependente químico, Tratamento de drogas, clinica para recuperação de drogados, Clínica de recuperação para dependentes químicos, Tratamento para Dependentes de Drogas, Tratamento para Alcoolismo, Tratamento Feminino,Tratamento involuntária, Internação, Involuntária, clinicas de dependentes químicos, Tratamento Feminino Especializado em Dependência Química, Tratamento Feminino Especializado em Alcoolismo, Desintoxicação de drogas,clínica de recuperação feminina,Clínica de recuperação em São Paulo SP, Tratamento de Dependência Química, Tratamento especializado para dependentes, clinica dependência química

(11) 4551-8052