‘Crack foi pior escolha da minha vida’, diz ex-morador de rua que ajuda a recuperar dependentes

Adriano Lugoli foi viciado em drogas e morou nas ruas por três anos. Em 2005 começou a trabalhar como modelo; atualmente conta sua história de superação para prevenir uso de drogas entre jovens e ajudar outros dependentes.

Cigarro, álcool, maconha, cocaína, tíner… A lista de drogas experimentadas pelo modelo Adriano Lugoli ao longo da vida é extensa e, segundo ele, “incontável”. De todas as substâncias, foi o vício no crack que tirou o mineiro de vez de casa e o levou a morar nas ruas de Uberlândia por três anos. Hoje recuperado, Adriano se mudou para região do Gama, no Distrito Federal, e decidiu transformar as experiências negativas em ajuda a outros dependentes químicos.
Por meio de palestras recheadas de música, descontração e muitos sorrisos, Lugoli aconselha jovens, estudantes, moradores de rua e até presidiários do DF sobre as formas de prevenir e superar o vício nas drogas.

Continuar lendo ‘Crack foi pior escolha da minha vida’, diz ex-morador de rua que ajuda a recuperar dependentes