Como deixei a cracolândia e entrei na faculdade de Direito

Tiago Nogueira passou quatro anos na região ocupada por usuários de crack em São Paulo; hoje, ele sonha em ser defensor público.

Acharam que eu estava derrotado, quem achou estava errado, eu voltei, tô aqui, se liga só, escuta aí.”

É na forma de rap que Tiago Ideal Nogueira, de 35 anos, conta a história de sua sobrevivência a quatro anos na cracolândia, na região central de São Paulo.

O ex-“noia” – forma como os usuários de crack costumam ser chamados na cidade – atualmente é missionário, ajudando dependentes a deixarem a droga, produziu o seu primeiro CD de rap e, em 2016, foi o melhor aluno do curso na faculdade de Direito privada que frequenta na zona leste de São Paulo.

Como deixei a cracolândia e entrei na faculdade de Direito
Como deixei a cracolândia e entrei na faculdade de Direito

Continuar lendo Como deixei a cracolândia e entrei na faculdade de Direito

Desde 2010 que não havia tantas pessoas a iniciar tratamentos por causa do álcool e droga

Os últimos inquéritos mostram que o consumo de álcool e drogas está a diminuir em Portugal, com níveis abaixo da média europeia. Mas em 2015 havia 40 mil em tratamento e mais de 5.000 internados.

canabis

Continuar lendo Desde 2010 que não havia tantas pessoas a iniciar tratamentos por causa do álcool e droga