Após 24 anos vendo filho usar drogas, Dirce percebeu como amor de mãe é exigente

Foto: Fernando Antunes
Foto: Fernando Antunes

Todos os dias, nas reuniões do Amor Exigente, grupo de apoio às famílias que vivem o drama de ter alguém consumido pela dependência química, as mulheres são maioria. Ou elas estão ali pelos filhos, ou pelos pais dos filhos, demonstrando força sobrenatural depois de todo mundo já ter jogado a toalha, em uma batalha longa, de altos e baixos.

Um dia só de homenagem não combina com dedicação desse tipo de mãe. Mas para elas 24 horas de tranquilidade são dádiva quando a dependência já adoeceu toda a família. A aposentada Dirce Joana Souza, de 69 anos, conheceu essa rotina ainda na adolescência do filho. O menino bebia, depois passou para a maconha e por último o crack. Foram 24 anos assim.

Continue lendo “Após 24 anos vendo filho usar drogas, Dirce percebeu como amor de mãe é exigente”