Políticas sobre Drogas: SPD aposta na qualificação

Com a finalidade de viabilizar a reinserção social e profissional de usuários de drogas, a Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) inicia, neste mês de setembro, a capacitação de 160 pessoas em tratamento da dependência química que se encontram acolhidas em Comunidades Terapêuticas (CTs). A ação será viabilizada por meio de parceria firmada com a Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) do Governo do Ceará.

Serão beneficiadas pelo projeto ‘Criando Oportunidades’ pessoas acolhidos em oito CTs que prestam serviços à SPD e que estão distribuídas por Fortaleza, Região Metropolitana (RMF), Cariri e Zona Norte. São elas: ONG Maria Bonita (Maracanaú), O Caminho, Vida Manará e Moradores do Henrique Jorge (Aquiraz), IVC (Maranguape), Monte Sião (Cascavel), Aliança de Misericórdia (Barbalha) e Fazenda Esperança (Sobral).

Os acolhidos optaram pela realização dos seguintes cursos: sabonete artesanal / embalagens, pintura e textura em paredes, eletricista predial, cabeleireiro e confeiteiro (doces e salgados). A carga horária será de 80 horas. Hoje, esses ofícios apresentam significativa demanda por profissionais especializados para o mercado de trabalho. Nesta quarta-feira (13), serão iniciadas as turmas nas CTs Maria Bonita e O Caminho.

Os cursos serão ministrados por instrutores das ONGs Organização Barreira Amigos Solidários (Obas), Instituto para o Desenvolvimento Tecnológico e Social (Idear), Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental (Indesa) e Associação Aliança Comunitária Cearense (AACC). Ao final das aulas, os beneficiados receberão certificado de conclusão e participarão do sorteio de kits contendo equipamentos básicos para que possam dar os primeiros passos na nova profissão em que foram capacitados.

Titular da SPD, a secretária Aline Bezerra Câncio ressalta que a oferta de cursos profissionalizantes gratuitos em parceria com a STDS tem a finalidade de qualificar os acolhidos em CTs, contribuindo para a sua reinserção social e profissional. A secretária reforça que a qualificação também evita a ociosidade e reduz novas possibilidades de uso de drogas.

Os cursos serão acompanhadas pela Coordenadoria de Políticas sobre Drogas (Copod) da SPD. Após a conclusão das qualificações, uma articulação da pasta com o Sistema Nacional de Emprego/Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (Sine/IDT) viabilizará a inserção dos beneficiados
no cadastro de empregos e geração de renda.

www.spd.ce.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *